sexta-feira, 13 de maio de 2016

O batismo de Maria do O´ de Medeiros, lá de Santa Cruz

Por João Felipe da Trindade
jfhipotenusa@gmail.com

Recentemente, publiquei, aqui, imagem do jazigo de José Umbelino de Macedo Gomes e de sua esposa Maria do O´ de Medeiros. Com as informações das datas de nascimento dos dois, comecei a procurar nos livros da Igreja, os seus batismos respectivos. Sabia que Dona Maria do O´ de Medeiros era filha de Félix Antonio de Medeiros e Dona Tereza Duquesa de Farias. Por isso, procurei os registros que continham esses nomes.

Encontrei, inicialmente, uma Maria, filha desse casal, mas que não poderia ser a nossa pesquisada por conta da data de seu nascimento que diferia daquela encontrada no jazigo: Maria, nascida aos 24 de fevereiro de 1880, filha legítima de Félix Antonio de Medeiros e Thereza Duquesa de Farias, batizei solenemente, nesta Matriz, aos 28 de março do ano acima referido, foram padrinhos Antonio Genuíno de Farias e sua mulher Dona S. Ermelinda Pereira da Nóbrega.

Percorri, pacientemente,  os registros até  encontrar o referido batismo, cuja imagem já estava quase apagada, e, por isso, de difícil leitura:

Maria, nascida aos trinta e um de julho de 1881, filha legítima de Félix Antonio de Medeiros e Thereza Duquesa de Farias, batizei solenemente, nesta Matriz, aos vinte e oito de agosto do ano acima referido, foram padrinhos Camilo José da Rocha e sua mulher Maria Felentina de Medeiros. Vigário Antonio Raphael Gomes de Mello.

Há uma pequena diferença na data do nascimento de Maria do O´, pois no registro aparece 31 de julho, e no jazigo, 30 de junho.

P. S. Depois de muita procura, um amigo encontrou o casamento de Félix Antônio de Medeiros e Theresa Duquesa de Farias: aos 16 dias do mês de novembro de 1857, as nove horas da manhã, no lugar Santo Antônio, nesta Freguesia de Nossa Senhora da Conceição de Nova Cruz, o Reverendo Senhor Vigário Manoel Jácome Bezerra Cavalcante, por mim autorizado, tendo precedido de confissão e exame de Doutrina Cristão, na sua presença e das testemunhas João Cavalcante da Rocha e Antônio Galdino da Luz, se uniram em matrimônio, por palavras de presente, e receberam as bênçãos nupciais, os nubentes Félix Antônio  de Medeiros e Theresa Duquesa de Farias, moradores nesta Freguesia, do que para constar mandei lavrar este termo que assino. O Vigário Interino Beliso Lins de Albuquerque Cabral. 

Aos 11 de maio de 1900, faleceu de inflamação Félix Antônio de Medeiros, com 68 anos, casado com Theresa Duquesa de Farias, foi amortalhado de branco e sepultado no Cemitério desta Vila, e para constar fiz este assento que assino. Clérigo José Cabral.

Assim, Félix Antônio deve ter nascido por volta de 1832, casado aos 25 anos. 

Félix Antônio e Theresa Duquesa foram padrinhos em 24 de setembro de 1881, de Maria, filha de Camilo José da Rocha e Maria Felentina de Medeiros. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário ajudará na correção dos artigos e fotos, bem como na construção de novas informações.